Half a year later...


Today, the blog celebrates half a year.

It´s almost nothing, I know. But, things change so much in our lifes in only six months.

I have to confess that during this time I thought if it would be worth having a blog, or not. If I was actually able to express myself the way I find correct, if readers could review themselves through my way of seeing things like style or fashion, for example. So many thoughts on my mind during this time...

But, I have to tell you from the heart that has been a pleasure to show you some of my personal tastes, choices and a small sample the world I see.

Thank you so much for all your support and love.

Keep visiting and keep trusting me. If you like us, please show us to people you really trust.

Cheers!
-
Hoje, o blog comemora meio ano de existência.

Não é quase nada. É um “pufff” – uma espécie de sopro de vento que se sente na cara, mas que passa.
Mas, em seis meses acontecem tantas coisas nas nossas vidas. Tantas mudanças. Às vezes, andamos 3 passos, mas recuamos 6, ou vice-versa. Como tantas outras coisas na vida.

Durante estes seis meses, passou-me várias vezes pela cabeça se valeria a pena isto. Se valeria a pena este tipo de exposição, de dar opiniões, partilhar gostos, sugestões.

Por mais que tentemos, nunca conseguimos ser consensuais. Nunca conseguimos agradar a toda a gente e nem devemos, digo eu. Talvez porque entre tantos agrados, nos esqueçamos de nos agradar a alguém que conta: nós mesmos.

Nem sempre é fácil lidar com palavras amargas de pessoas que nos julgam baseados em achismos. Pelo que vestimos, pelo que escolhemos, pelo que transparecemos. Ou zás-trás, porque sim, porque não vão com a nossa cara. Como se fossem donas da razão e de todas as verdades absolutas e irrefutáveis que existem no mundo.

Não somos padronizados. Não pensamos da mesma forma. Não temos as mesmas vivências. Não nos deixamos comover, sensibilizar e emocionar pelas mesmas coisas. E temos, quanto a mim, de saber lidar com as diferenças e respeitar, concordemos, ou não. E aí sim, reside a verdadeira beleza.

Gostava de vos agradecer a vossa presença assídua, a vossa amabilidade, as vossas sugestões. As vezes que não expressam a vossa opinião, mas gostam do que vêem e regressam mais algumas vezes.

Obrigado pelo vosso carinho.

Têm sido importantes para mim, acreditem.

Continuem a visitar e, se puderem, mostrem a pessoas que sejam importantes para vocês.

Um brinde, a todos nós.

Com carinho,

Paulo Cezar

Share:

7 comentários

  1. Concordo contigo no facto de que não podemos querer agradar a todos. O teu blog fala de ti, dos teus gostos da tua individualidade. Se fossemos todos iguais este blog não fazia sentido, não terias nada de novo para mostrar, todos estaríamos formatados para o mesmo gosto. Esta é a tua história, é a tua maneira de contar as coisas. Quem gosta comenta e partilha, quem não gosta não deveria comentar. Se não gostam não deviam perder o seu tempo a comentar e a ofender o outro de uma forma gratuita sem o conhecer.

    Parabéns e continua :)

    ReplyDelete
  2. nice post stylish man

    www.pinstripeprince.blogspot.com

    ReplyDelete
  3. nunca conseguimos agradar a todos, o que não significa que sejamos maus no que fazemos. parabéns, e que voltes a comemorar mais um ano :)

    ReplyDelete
  4. Parabéns :) Continua sim, vale sempre a pena, adoro vir cá ;)

    ReplyDelete
  5. Muito obrigado! Bom ler coisas boas :)

    Thank you! :)

    ReplyDelete
  6. Great! Congratulations!

    http://a-norwegian-blog.blogspot.com/

    ReplyDelete
  7. Como falhei este comentario???
    Parabens plo teu trabalho aqui no blog, que é um reflexo daquilo que és.
    Gosto de pessoas assim, como tu, apaixonadas plo que fazem e pela vida, que não têm medo de arriscar, te ir lo caminho que nem todos conseguem ir.
    Todos os dias passo por aqui pq me sinto mais feliz dp de o fazer!
    Parabens e que continues assim!
    beijinhoo

    ReplyDelete

Thank you!