Lisbon Fashion Week: My Cherries Review

Terminada mais uma edição da Lisbon Fashion Week aka Moda Lisboa, é tempo das minhas já prometidas cerejas.
Depois destes quatro dias em que observei atentamente, tentei absorver mais moda, mais inspiração, criatividade e novidade, saliento o trabalho dos criadores Pedro Pedro, Dawid Tomaszewski, Miguel Vieira e Ricardo Dourado sem qualquer desprimor pelos outros criadores. Mas, gostaria de falar aqui apenas das minhas cerejas de eleição, aquelas especiais, sumarentas, diferentes, aquelas sem as quais o melhor bolo pareceria mais... despido!

No #1 dia - quinta-feira, 6 de outubro

Pedro Pedro

Apreciei a harmonia dos tons pastel, a forma como os trench coats foram reinterpretados, os lenços, as partes de cima oversized, conjugados com calças/saias de cintura subida, acabando por mostrar uma pequena (e sexy) tira de pele. Os apontamentos equestres que fazem lembrar as Hermès, ou o míticos cavalos, imagem de marca da Ralph Lauren.
Gostei da imagem de classe e de classissimo transmitida ao longo do desfile de peças.
Quanto aos sapatos, penso que lhes faltava uma pitada de sal, no compto geral, apagavam-se e, é pena.

Algumas imagens (retiradas daqui: Moda Lisboa):






No #3 dia - sábado, 8 de outubro

Dawid Tomaszewski

Bom, David Tomaszewski, foi uma surpresa! Uma lufada de ar fresco, uma pedrada no charco, um vento que deixa cair as folhas de uma árvore no outono.
As cores escolhidas foram os tons pastel, que alternavam com cores fortes como o rosa, por exemplo.
A música que serviu de pano de fundo ao desfile remetia para a terra das fadas, dos duendes e dos encantamentos e de um tempo, já remoto, perdido há uns séculos atrás.
Os brilhos das pedras Swarosvski em pequenos apontamentos nalgumas peças davam-lhe aquele glamour e aquela classe intemporal. A coleção também foi marcada por vestidos túnica, rendas, transparências, vestidos que faziam lembrar os tempos da mitologia grega e sapatos estupidamente bem executados, complementados com 'berloques', o corte em tecidos frágeis e esvoaçante foi exímio. Gostei ainda dos apontamentos de penas nalguns vestidos e das malas.
Foi um desfile arrojado, entusiasmante, classy e, numa palavra, aquilo que acho que dever ser a moda: - inspirador!

Algumas imagens (retiradas daqui: Moda Lisboa):







No #4 dia - domingo, 9 de outubro

Miguel Vieira

Miguel Vieira, apresentou uma coleção cheia de glamour e de charme, a fazer lembrar aquele Hollywood da Era de Ouro do cinema americano. A mesma dos grandes iates, festas exclusivas, divas e galãs.
A roupa remete-me para um filme que adoro, e que já falei aqui neste post: Talented Mr. Ripley - e os sapatos de homem arrasaram-me por completo!

Algumas imagens (retiradas daqui: Moda Lisboa):






Ricardo Dourado


Ricardo Dourado é, quanto a mim, a maior rising-star do nosso panorama nacional de moda, farei um post, em breve, só dedicado a este excelente designer e com imagens em exclusivo. Aguardem...


Share:

0 comentários

Thank you!